logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

O que é Disbiose Intestinal?

Este é o termo científico que define o desequilíbrio entre as bactérias do intestino.
O intestino compreende as funções de digestão, absorção, fortalecimento do sistema imune, produção hormonal, relacionada inclusive ao controle de fome e saciedade, além de síntese de neurotransmissores, detoxificação e excreção. Daí a importância de zelarmos pela boa saúde deste órgão.
O intestino possui trilhões de bactérias, sendo que estas podem ser na sua maioria bactérias boas ou bactérias ruins.
As boas bactérias intestinais produzem vitaminas do complexo B, vitamina K, enzimas digestivas que só beneficiam a nossa saúde.
A predominância de bactérias ruins gera um desequilíbrio da microbiota, reduzindo a absorção dos nutrientes, gerando carências nutricionais e o aparecimento de doenças em nosso organismo, desde doenças intestinais até cardíacas, aumento de colesterol e do açúcar do sangue e até mesmo ao ganho de peso, estando, portanto relacionada à obesidade.
Indivíduos com disbiose intestinal podem apresentar inchaço abdominal, constipação intestinal, carência de vitaminas e minerais, estando mais susceptíveis a desenvolver esofagite, infecções urinárias, obesidade, alergias respiratórias, doenças auto-imunes, depressão e até mesmo o câncer.
O consumo excessivo de alimentos refinados e pobres em fibras alimentares como as farinhas brancas, o açúcar, o sal, a carne vermelha, os adoçantes artificiais em geral, as frituras e os alimentos industrializados que apresentam conservantes, espessantes e corantes em sua composição, levam a perda da integridade do intestino e aumento das bactérias ruins. Também o uso frequente de determinadas medicações e o uso excessivo de álcool alteram a microbiota.
Para garantir uma microbiota saudável devemos ter boas escolhas alimentares como alimentos in natura (frutas, verduras e legumes), grãos e sementes integrais (arroz, aveia, linhaça), gorduras do bem (azeite de oliva, abacate, coco) e carnes magras (peixes e frango), sendo que todos estes alimentos devem ser preferencialmente de cultivo orgânico.
Também é importante mastigar bem os alimentos, para garantir uma boa digestão destes e uma ótima absorção dos nutrientes.
Suplementos de probióticos compostos por lactobacillos e outras bactérias do bem, além do consumo de biomassa de banana verde e alimentos de fermentação natural são importantes para o restabelecimento da saúde intestinal.
Nada é mais poderoso do que o alimento no controle da saúde intestinal.
As boas escolhas alimentares equilibram o seu organismo e quando você come, digere e absorve os nutrientes corretamente terá um sistema imunológico fortalecido e uma boa saúde estabelecida.

Fonte: G1

Share

No Comments

Post a Comment