logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Como aumentar o DHEA pela alimentação?

DHEA, ou desidroepiandrosterona, é um dos precursores da testosterona e estrógeno. É um esteróide mais abundante no corpo humano e é produzido principalmente nas glândulas supra-renais. Para começar, o ponto de partida é o colesterol, e você querendo que o colesterol fique bem baixo, terá consequências na produção de esteróides sexuais. A produção começa a partir de 7 anos e tem pico entre 24 e 30 anos e depois os níveis de DHEA caem cerca de 2% ao ano, chamamos de queda fisiológica, por isso na idade mais avançada, há um aumento de diabetes, osteoporose, aterosclerose, demência, perda da libido, fraqueza muscular. Cientificamente, o aumento do DHEA tem sido demostrado na melhora da memória, do sistema imune, aumenta a utilização da insulina, aumenta a força muscular e melhora o sono. Uma alimentação rica em frutas, vegetais, carnes magras, alimentos orgânicos, evitar excesso de leites, trigo, carboidratos refinados, açúcares e associar com atividade física é uma alternativa para potencializar a produção do DHEA, com isso terá uma longevidade com qualidade de vida.

Fonte: Thierry Hertoghe. The Hormone Handbook, 2008.

Share

No Comments

Post a Comment