logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top
q

Nutrição para crianças e adolescentes atletas

- Para facilitar o crescimento e o desenvolvimento, os requerimentos diários de proteína por unidade de peso corporal são maiores para crianças que para adultos, mas ainda não está claro crianças atletas precisam de mais proteína que crianças que não se exercitam para o crescimento e desenvolvimento normais e para o melhor desempenho possível. - As crianças precisam de mais energia que adolescentes ou adultos durante atividades esportivas como o caminhar ou correr, possivelmente em outras atividades. - Comparados a adultos, crianças e adolescentes usam mais gordura e menos carboidratos durante exercícios prolongados. - Deve ser dada atenção especial para evitar a desidratação voluntária em crianças que praticam exercícios em ambientes quentes/úmidos. Para incentivar a ingestão de líquidos, a bebida deve ter sabor agradável e incluir glicose e...

Share

Exercício de Endurance e Suplementação Antioxidante: Faz sentido, ou não?

Exercício prolongado em 65-80% VO2max aumenta a produção de radicais nos músculos esqueléticos adjudicantes. Esta produção de radicais induzida por exercício muitas vezes resulta em danos oxidativos às fibras do músculo esquelético e contribuem para a fadiga muscular. Os suplementos antioxidantes são amplamente disponíveis e são comumente consumidos por atletas de resistência. Existem argumentos a favor e contra o uso de suplementação com antioxidantes. O argumento mais forte de apoio a suplementação com antioxidantes existe em atletas de resistência que não consomem uma dieta bem equilibrada. Especificamente, se uma avaliação nutricional revela que o atleta é deficiente em ingestão de antioxidantes (por exemplo, o consumo abaixo da dose diária recomendada [RDA] para vitaminas antioxidantes), neste caso a suplementação dietética desenhada para alcançar o padrão RDA para vitaminas...

Share

Chá :: Melhores desempenhos para atletas de alta performance

Segundo a lenda chinesa, a história de chá começou em um dia tempestuoso em 2737 a.c. O imperador Shen Nung estava  sob uma árvore de chá selvagem. Uma rajada de vento enviou algumas folhas descendo na sua xícara de água quente. Ele tomou um gole e o resto é a história que nós já conhecemos.  A popularidade do chá está sendo estimulada por uma série de pesquisas mostrando que quem saboreia a bebida antiga e sua carga útil de antioxidantes está associado a uma melhor saúde e até mesmo algumas melhoras de desempenho para atletas de alta performance. Além disso, o chá é uma ótima maneira de reforçar suas hidratação. O Oolong chá vem de folhas de Camellia sinensis, que são, em seguida, semi-oxidado a vários graus usando...

Share

Você vive cansado? Pode ser fadiga adrenal!

Falando um pouquinho mais dos efeitos do stress no nosso corpo, a fadiga adrenal pode ser causada por qualquer agente estressor (excesso de trabalho, problemas familiares, falta de sono e etc) e os sintomas comuns de fadiga adrenal são: fadiga e perda de apetite; problemas para dormir; dificuldade de concentração; ganho de peso; estados depressivos; sensação de doente; As pessoas com fadiga adrenal geralmente podem apresentar: baixa pressão arterial; hipocloridria; hipotensão postural; hipoglicemia; ganham peso com facilidade; comportamentos compulsivos; tendem a constipação; O combate a fadiga adrenal é relativamente simples, bons hábitos e ajuda profissional revertem o quadro de forma rápida: tratamentos nutricionais: condutas, estratégias psicológicas e suplementarão nutricional; tratamentos hormonais; atividades prazerosas; sono adequado; meditação e relaxamento; ...

Share
q

Os Riscos e Benefícios da cafeína em atletas de alta performance

Quando usado corretamente, a cafeína pode dar-lhe um aumento de desempenho grande no dia da corrida. Três em cada quatro americanos consomem café regularmente, e eu me atreveria a dizer que os triatletas estão em linha com a média nacional. O consumo médio é de 200 miligramas de cafeína por dia (ou cerca de duas xícaras de café regular). Benefícios principais Numerosos estudos sobre atletas de endurance bem treinados mostraram respostas positivas como as encontradas abaixo de cerca de 2 xícaras de café. Diminuição RPE. Beber cafeína pode fazer você sentir menos um treino ou uma prova dura. Aumento do tempo até a exaustão. A cafeína também ajuda a poupar o glicogênio muscular, aumentando assim a resistência. Continuar lendo...

Share

Plano Nutricional para um 70.3

P: Eu estou fazendo a minha primeira 70,3 este mês. Como é que eu preciso adaptar o meu plano de nutrição? R: Os iniciantes à meia Ironman definitivamente requer algum planejamento nutricional. Eu treinar meus atletas a se perguntar constantemente se eles estão ingerindo quantidades adequadas de três coisas fundamentais durante um evento de resistência, tais como 70.3 ou mais. Seu novo mantra nutrição: fluido de sódio de carboidratos! Fluidos Beber líquidos adequados é o fator nutricional mais importante para atingir seus objetivos de corrida. Destinam-se a consumir pelo menos uma garrafa de líquido por hora na bicicleta. Beba uniformemente; 6-8 ml cada 15-20 minutos para otimizar o esvaziamento gástrico e minimizar chapinha em seu estômago. Teste o seu índice de transpiração indivíduo (determinar isso, pesando-se nu antes e depois de...

Share

Ingestão proteica antes de dormir: Potencial para otimizar a recuperação pós-exercício

Fonte: Gatorade Institute A ingestão da proteína dietética imediatamente após o exercício aumenta as taxas de síntese proteica durante estágios agudos da recuperação pós-exercício. As taxas de síntese de proteína muscular são baixas durante uma noite de sono mesmo quando a proteína dietética é ingerida após o exercício. Se a proteína dietética é disponibilizada para o intestino durante o sono, a proteína é normalmente digerida e absorvida, assim aumentando a disponibilidade de aminoácidos plasmáticos e aumentando as taxas de síntese de proteína muscular. A proteína dietética ingerida antes do sono é efetivamente digerida e absorvida durante a noite, assim aumentando a disponibilidade de aminoácidos plasmáticos e estimulando o acúmulo de proteína muscular pós-exercício durante uma noite de sono. Além da quantidade e da fonte da proteína ingerida durante a recuperação...

Share

Como a Nutrição pode contribuir para redução dos processos inflamatórios

Fonte: Portal Nutri Saúde Nestlé Sobre o tema Na perspectiva de buscar estratégias preventivas para as doenças crônicas não transmissíveis, pesquisadores do mundo todo têm buscado um melhor entendimento acerca da capacidade dos alimentos em induzir ou reduzir processos inflamatórios1,2. Estes achados apoiam a hipótese de que os alimentos com propriedades pró-inflamatórias podem, ao menos em parte, contribuir para a associação entre dieta e doenças como a obesidade e o diabetes mellitus do tipo 2. O que a ciência mostra Recentemente, a relação entre alimentos e inflamação ganhou destaque em um artigo publicado em um dos mais importantes periódicos científicos da área de nutrição – o American Journal of Clinical Nutrition, o qual destacou um novo parâmetro para avaliação dietética: o índice inflamatório da dieta (IID). Proposto há alguns...

Share

Como evitar o Bisfenol A em embalagens de plástico

Fonte: Tua Saúde Para evitar a ingestão do bisfenol A, deve-se ter alguns cuidados como não aquecer os alimentos guardados em recipientes de plástico no micro-ondas e comprar produtos de plástico que não contenham essa substância. O bisfenol A é um composto presente em plásticos de policarbonato e em resinas epóxi, fazendo parte de objetos como utensílios de cozinha como recipientes plásticos e copos, latas com alimentos em conserva, brinquedos plásticos e produtos de cosmética. Algumas dicas para reduzir o consumo de bisfenol A são: Não colocar no micro-ondas embalagens de plástico que não sejam BPA free; Evitar recipientes de plástico que contenham os números 3 ou 7 no símbolo de reciclagem; Evitar o uso de comida enlatada; Usar recipientes de vidro, porcelana ou ácido inoxidável para colocar comidas ou bebidas quentes; Escolher...

Share