logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

A suplementação de ômega-3 pelas crianças pode melhorar o comportamento das crianças e dos pais

Um estudo publicado em 20 de maio de 2018 na revista Aggressive Behavior, revelou que a suplementação de crianças com ácidos graxos ômega-3 melhorava seu comportamento entre os pais e as crianças. O estudo incluiu crianças que receberam uma bebida de fruta que continha um grama de ácidos graxos ômega-3 ou uma bebida de frutas não suplementada por 6 meses. Entre os pais de crianças que receberam ômega-3, foi relatada uma diminuição de longo prazo na agressão psicológica (caracterizada como argumentação e abuso verbal), que se correlacionou com melhora no comportamento de externalização da criança (comportamentos problemáticos direcionados ao ambiente externo, incluindo agressão física e desobediência). regras). "Este estudo é o primeiro a mostrar que a suplementação de ômega-3 em crianças pode reduzir a agressão psicológica entre...

Share

Chega de agrotóxicos! Carta de repúdio ao PL do veneno

CARTA DE REPÚDIO AO “PL DO VENENO”     O Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) torna público o seu repúdio à aprovação do Projeto de Lei n.º 6.299/2002 na Comissão Especial sobre Defensivos Agrícolas da Câmara dos Deputados.   Apelidado de “Pacote do Veneno”, o Projeto de Lei retira do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a avaliação dos agrotóxicos, centralizando a liberação do registro de autorização de uso no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).   Junto a várias entidades e movimentos sociais, o CFN considera a aprovação deste projeto um grave retrocesso e um enorme risco à saúde da população, ao meio ambiente e à Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional do país. Entidades como o...

Share

A importância das proteínas para atletas masters

A recuperação é um componente essencial do treinamento em triathlon, mas quanto de recuperação os atletas realmente precisam? Acontece que é diferente para todos - fatores como idade, intensidade de treinamento, cronograma e dieta, todos desempenham um papel no processo de recuperação. Em 2015, pouco mais de 20.000 participantes - cerca de 58% do campo nas corridas norte-americanas de Ironman - tinham entre 40 e 80 anos de idade, provando que a participação de atletas masters está aumentando nos esportes de resistência. Embora suas performances de corrida possam certamente melhorar como um atleta maduro, você logo perceberá que a recuperação desses eventos e as sessões de treinamento intensas podem ser mais lentas do que eram em sua juventude - ou em comparação com os colegas de...

Share

Bebês precisam de suplementos de vitamina D diariamente, diz estudo

O “medo” do sol, do câncer de pele e o aumento nos casos de raquitismo em diferentes países levaram entidades médicas internacionais e brasileiras a recomendarem a suplementação de vitamina D para bebês, mesmo entre os recém-nascidos. Dos primeiros dias de vida até completarem um ano, as crianças devem receber 400 unidades internacionais (medida padrão usada para vitaminas), todos os dias. Até o segundo ano, a quantidade de vitamina D sobe para 600 unidades e, a partir dessa idade, a necessidade é dosada em exames de sangue. Até então, bebês, crianças e adultos faziam a reposição da vitamina D apenas em casos de deficiência e a principal maneira de adquiri-la naturalmente era via alimentação. A vitamina está presente, por exemplo, nos ovos cozidos, sardinhas, peixes, óleo de...

Share

Cinco hábitos saudáveis que prolongam sua vida

Você segue uma dieta saudável, faz exercício regularmente, não fuma, bebe quantidades moderadas de álcool e mantém um peso ideal? Se você responde a sim a todas as questões pode ser que você viva 10 anos a mais, ou mais, do que outros que responderam não a algumas destas perguntas. Este é o resultado de um estudo realizado por uma médica do Departamento de Nutrição da Harvard T.H. Chan School of Public Health, de Boston, nos Estados Unidos. Chamado de “Impacto dos Fatores de Estilo de Vida Saudável nas Expectativas de Vida na População dos EUA”, o estudo mostra que estes são cinco fatores de risco para a longevidade: Nunca fumar; Manter um índice de massa corporal (IMC) entre 18,5 e 24,9 kg/m3; Realizar 30 minutos...

Share

Suplementação com extrato de semente de uva melhora a fadiga exaustiva induzida pelo exercício

Os resultados do estudo da Universidade de Hunan fornecem novos insights sobre a dieta e a nutrição (A suplementação de extrato de proantocianidina de semente de uva afeta a fadiga induzida pelo exercício exaustivo em camundongos) De acordo com as reportagens da Changde, da People's Republic of China, pelos editores do NewsRx, a pesquisa afirmou: “O extrato de proantocianidina de semente de uva (GSPE) tem sido extensivamente relatado como possuindo uma ampla gama de propriedades benéficas em múltiplos danos nos tecidos, fadiga induzida por exercício associado a lesão por estresse oxidativo, resposta inflamatória e disfunção mitocondrial ". "O objetivo deste estudo é investigar os efeitos anti-fadiga do GSPE em camundongos e explorar seu possível mecanismo subjacente. O modelo de exaustão de fadiga induzida por exercício foi estabelecido...

Share

Fast food torna o sistema imunológico mais agressivo a longo prazo

O estudo mostra que, mesmo após uma mudança para uma dieta saudável, as defesas do corpo permanecem hiperativas. O sistema imunológico reage de maneira semelhante a uma dieta rica em gordura e alto teor calórico quanto a uma infecção bacteriana. Isto é mostrado por um estudo recente liderado pela Universidade de Bonn. Particularmente perturbador: alimentos não saudáveis ​​parecem tornar as defesas do organismo mais agressivas a longo prazo. Mesmo muito depois de mudar para uma dieta saudável, a inflamação para a estimulação imunológica inata é mais pronunciada. Essas mudanças de longo prazo podem estar envolvidas no desenvolvimento de arteriosclerose e diabetes, doenças ligadas ao consumo de dieta ocidental. Os resultados serão publicados na revista Cell. Os cientistas colocaram ratos por um mês na chamada "dieta...

Share

Mais de 60% dos brasileiros desperdiçam alimento em bom estado, diz pesquisa

Motivos variam desde a falta de planejamento até ignorar comida que está na geladeira; confira dicas para mudar esse hábito O desperdício de alimentos é uma realidade, mas geralmente é feito sem consciência da gravidade desse hábito. Sim, hábito, porque segundo uma pesquisa feita pela Edelman a pedido da Unilever, 49% dos brasileiros jogam comida fora diariamente. Se analisarmos semanalmente, o número sobe para 61%, e o cenário torna-se mais crítico: esses alimentos estão em perfeito estado, ainda próprios para consumo. "Vivemos em uma cultura de desperdício. A gente é leviano com muita coisa, não só com comida", afirma Luciana Quintão, presidente da ONG Banco de Alimentos, que cita ainda o desperdício de água e energia como exemplos de maus hábitos do brasileiro. "Tem gente que desperdiça por...

Share

Você conhece a alma?

Conhecida também como groselha indiana, a planta amla, nativa desse subcontinente, é uma árvore exótica quem tem se tornado popular ao redor do mundo em função de suas propriedades medicinais notáveis e pelo sabor agradável de seus frutos. Muito rica em vitamina C, a groselha indiana aumenta a absorção dos nutrientes de outros alimentos, além de ser um excelente remédio natural para uma série de incômodos e doenças no corpo. Um recente estudo sugere que uso combinado com probióticos aumenta a longevidade. Confira 4 usos medicinais da amla: Combater problemas gastrointestinais Para quem sofre com disfunções no estômago e no intestino, a amla pode ser uma grande aliada. Utilizada em medicamentos naturais para diarreia, essa planta destaca-se por suas propriedades calmantes nesses órgãos: ela relaxa as contrações, refrigera...

Share

A importância de uma boa nutrição para as mulheres mais velhas

Com os avanços na ciência e medicina, a população está vivendo por mais tempo. Isso vem com um novo conjunto de problemas e condições médicas que precisamos nos concentrar para garantir uma boa qualidade de vida. A fragilidade é uma dessas condições associadas à idade que pode levar a défices de saúde e eventual mortalidade. A fragilidade é uma síndrome geriátrica caracterizada por elevado risco de declínios de saúde e função. Os adultos mais velhos são mais vulneráveis a estressores e mudanças nas condições, e sentem efeitos adversos à saúde mais frequentemente do que aqueles que são mais jovens. A prevalência da condição aumenta com a idade, mas há mudanças que as pessoas podem fazer para retardar ou limitar seus efeitos. Estudos anteriores sugerem que as intervenções...

Share