logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Coma Orgânico: Laranja e abacaxi são os alimentos que mais desencadeiam intoxicação por presença de agrotóxico

Fonte: Estadão Estudo feito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aponta laranja e abacaxi como alimentos com maior risco de provocar intoxicação aguda em razão da presença de agrotóxicos. De 744 amostras analisadas da laranja, 12,1% apresentaram uma concentração de resíduos de agrotóxicos acima dos limites considerados seguros. No caso do abacaxi, das 240 amostras, 5% foram classificadas como de risco agudo para intoxicação - problemas de saúde causados até 24 horas depois da ingestão. O trabalho foi feito com 25 classes de alimentos mais consumidos no País, como arroz, milho, trigo, abobrinha e beterraba. Ao todo, foram avaliadas 12.051 amostras coletadas entre 2013 e 2015 em 27 Estados e no Distrito Federal. Os resultados integram o Programa de Análises de Agrotóxicos em Alimentos (Para), criado...

Share

XILITOL: Sabor doce e saudável

Fonte: Essencial Nutrition Já abordamos diversas vezes a inserção exagerada e cotidiana dos açúcares na alimentação ocidental, tornando-se fator número 1 para a causa da obesidade, um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo. Em 2013, o Ministério da Saúde divulgou uma pesquisa com resultados alarmantes: 51% da população brasileira está acima do peso. Além da questão da obesidade, para muitas pessoas a retirada do açúcar é mais que uma opção para redução do peso corporal: é uma necessidade para regularizar a função intestinal degradada por uma disbiose, ou por conter um aumento nos fungos do organismo que se alimentam do açúcar, pela intolerância à frutose ou mesmo em indivíduos com diabetes tipo I e II. São muito bem descritos na literatura os benefícios dos polióis,...

Share

8 maneiras de tornar a sua comida mais saudável

Fonte: Lef Acho fascinante ver a profundidade da informação que os pesquisadores podem aprender sobre os alimentos que comemos. Além do valor nutricional das refeições, os cientistas estão trabalhando para descobrir como determinados alimentos devem ser comidos, o que eles devem ser combinados com e como eles são melhor absorvido. Eu vadeei através da pesquisa para descobrir estes oito tweaks surpreendentes para fazer bom para você alimentos ainda melhor. Fazendo curry? Adicione a pimenta preta Turmeric, a especiaria que dá ao pó sua cor amarela distintiva, está sendo estudado por sua capacidade de parar a produção de células cancerosas. A cúrcuma contém a potente curcumina antioxidante, o ingrediente ativo com potencial anti-câncer. Curcumin não é bem absorvido pelo corpo, mas uma pitada de pimenta preta pode aumentar a...

Share

Leites e produtos lácteos são bons ou maus para nossa saúde?

Fonte: PubMed Há um ceticismo sobre os efeitos da saúde dos produtos lácteos no organismo humano, o que se reflete em uma ingestão crescente de bebidas à base de plantas, por exemplo, de soja, arroz, amêndoa ou aveia. Um recente estudo revelou algo importante sobre este produtos. OBJETIVO DO ESTUDO Esta revisão teve como objetivo avaliar a evidência científica principalmente a partir de meta-análises de estudos observacionais e ensaios clínicos randomizados, na ingestão de leite e risco de obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, osteoporose, câncer e mortalidade por todas as causas. RESULTADOS DO ESTUDO A evidência mais recente sugeriu que a ingestão de leite e produtos lácteos foi associada com redução do risco de obesidade infantil. Em adultos, a ingestão de produtos lácteos mostrou melhorar a composição corporal e...

Share

Consumo de chocolate melhora o desempenho atlético

Fonte: Essential Nutrition A suplementação com nitrato de sódio ou suco de beterraba (rico em nitrato) vem tornando-se cada vez mais popular, sendo que tanto atletas de elite quanto amadores vêm tomando para dar-lhes uma vantagem nos seus treinos. Mas, como alternativa, um estudo realizado na Universidade de Kingston, em Londres, afirma que o chocolate preto oferece benefícios semelhantes aos do suco de beterraba, o que pode agradar a muitas pessoas. No estudo, verificou-se que o consumo de 40g de chocolate preto ao dia fez com que os ciclistas (amadores) usassem menos oxigênio quando pedalaram em um ritmo moderado por 20 minutos. Estes ciclistas também alcançaram uma maior distância em um ensaio cronometrado de dois minutos, durante o qual eles pedalaram o mais forte quanto podiam.(1) Para...

Share

Como potencializar nossas mitocôndrias tendo mais saúde e menos doença?

Fonte: Lifestyle Summit Imagine se você pudesse prevenir problemas como diabetes, cardiopatias, doença de Parkinson e demências, além de câncer de diversos tipos? Imagine se você pudesse curar a fibromialgia e síndrome da fadiga crônica? Imagine se você pudesse chegar às raízes do envelhecimento, retardar todo o processo e eliminar a maioria das doenças relacionadas com a idade?  Estas idéias não são apenas fantasias! Todas são possíveis, basta entender a bioquímica metabólica através de um belo check-up e fazer um “upgrade” no seu sistema. Vocês devem ter ouvido sobre estudos em ratinhos alimentados com altas doses de resveratrol, aquele composto fitoquímico encontrado no vinho tinto. Você sabia que eles viveram 30% a mais do que seus pares (um equivalente ao que seria viver 120 anos humanos) mesmo...

Share

Lifestyle Summit Brazil :: Simpósio Internacional de Saúde Funcional e Estilo de Vida

Entre hoje e amanhã a Dra. Priscila Machado estará no FECOMERCIO participado do III Lifestyle Summit Brazil, Simpósio Internacional de Saúde Funcional e Estilo de Vida. O evento está cheio de novidades e a partir da semana que vem publicaremos os highlights com exclusividade para você. Com importantes nomes da saúde nacional e internacional, o simpósio discutirá temas que envolvem a medicina de estilo de vida. Os visitantes do simpósio terão atualização científica e acesso a novas pesquisas da área.  O simpósio, que é o maior encontro no Brasil para profissionais especializados e atuantes na área de Medicina e Saúde de Estilo de Vida, conta com o apoio do American College of Lifestyle Medicine (ACLM) e da European Society of Lifestyle Medicine (ESLM), já que a medicina de estilo de vida é uma...

Share

O consumo de frutas durante a gestação

Fonte: Essential Nutrition A maioria das pessoas já ouviu que o consumo diário de frutas pode reduzir o risco de uma ampla variedade de condições de saúde, como a doença cardíaca e o acidente vascular cerebral. Mas agora um novo estudo está mostrando que os benefícios da fruta podem começar tão cedo quanto no útero. O estudo, publicado na revista EbioMedicine, mostrou que as mães que consumiam mais frutas durante a gravidez deram à luz a crianças que tiveram melhor desempenho em testes de desenvolvimento com um ano de idade. Piush Mandhane, autor sênior do estudo e professor associado de pediatria na Universidade de Medicina e Odontologia de Alberta, fez a descoberta usando dados do estudo Canadian Healthy Infant Longitudinal Development (CHILD) – um estudo de coorte...

Share

Um ovo por dia pode 12% reduz risco de AVC

Fonte: Life Extension O ovo é apontado como culpado do colesterol alto e das doenças cardiovasculares, mas um novo estudo realizado por cientistas do Instituto EpidStat, nos EUA, sugere que os ovos podem até ajudar a reduzir o risco de AVC. Como reporta o Medical Daily, os investigadores analisaram sete estudos semelhantes sobre os efeitos do consumo do ovo na saúde cardiovascular. Tal como nos estudos anteriores, os cientistas descobriram que não há uma ligação clara entre comer ovos regularmente e a doença arterial coronária ou as doenças cardiovasculares em geral. Aliás, o estudo publicado no Journal of The American College of Nutrition, concluiu que o consumo de um ovo por dia está associado a uma diminuição de 12% no risco de AVC. “Com base nos resultados desta análise, o consumo de até um ovo por dia pode...

Share

Os níveis de vitamina D em mulheres grávidas podem estar ligados a algumas dificuldades de aprendizagem em crianças

As dificuldades de aprendizagem são mais comuns nas crianças que foram concebidas entre janeiro e março - a época do ano em que há luz solar insuficiente para produzir a vitamina D - de acordo com um estudo novo conduzido pela universidade de Glasgow. O estudo, que é publicado hoje no American Journal of Epidemiology, foi escrito em colaboração com pesquisadores da Universidade de Cambridge, o NHS e o governo escocês. O estudo encontrou que 8,9% das crianças que foram concebidas entre janeiro e março tinham dificuldades de aprendizagem. Em contraste, apenas 7,6% que tinham sido concebidos entre julho e setembro tinham dificuldades de aprendizagem. A diferença geral foi devido ao autismo, dificuldades intelectuais e dificuldades de aprendizagem como a dislexia. Não houve padrões sazonais para outras...

Share