logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Como voltar à rotina alimentar depois das festas de Fim de Ano

O ano começou e junto com ele vieram alguns resquícios dos excessos de comida do Natal e Ano Novo? Pois bem, vamos por partes: Primeiro temos que ter a consciência de que toda a rabanada, doces, bebidas alcoólicas e etc que foi consumido nesse período não irão embora de um dia para o outro. Em segundo lugar, dietas radicais como passar o dia ingerindo só líquidos não resolverá o problema, pelo contrário, as chances de não durar muito tempo serão grandes e depois detodo esse sacrifício seu corpo pedirá uma compensação por todo esse súbito momento de restrição e você sentirá muita fome, principalmente de carboidratos e alimentos gordurosos! Então, a seguir vão algumas dicas de como recuperar seu corpo sem sacrifícios: - Se você ainda não tem o...

Share

Feliz Ano Novo

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. Chico Xavier...

Share

Deixe seus micróbios fazerem o trabalho duro

Fonte: Lef Pessoas que regularmente fazem dieta tendem a perder peso inicialmente, mas ganhar peso após parar o regime. Este fenômeno  é associado com mudanças no metabolismo e é uma razão pela qual a grande maioria das dietas baseadas em calorias falham. Mas exatamente o que causa essas mudanças metabólicas permaneceu um mistério - até agora. Estudos anteriores em gêmeos idênticos que diferiram nos padrões de dieta mostraram que fatores não genéticos são amplamente responsáveis. A hipótese de trabalho era que quando você ganha peso você de alguma forma "redefinir" seu termostato interno correspondente ao maior nível de peso e assim quando você perde peso seu corpo faz tudo o que pode para retornar a esse novo set point superior. Agora uma nova pesquisa, publicada na Nature,...

Share

Algumas dicas para não enfiar o pé na jaca nas festas de final de ano

Fonte: Giro Saúde Mais um fim de ano se aproxima e com ele as festas com muita comida e bebida. Para aqueles que controlam a alimentação o ano inteiro, esse é o momento da libertação. Porém, você deve tomar uma série de cuidados para não extrapolar e jogar fora um trabalho de muitos meses de controle de peso. Pensando nisso, separamos 4 dicas para que você consiga aproveitar as festas de Natal e Réveillon sem abusar, porém, aproveitando todas as possibilidades, para assim, saciar os desejos e socializar com seus amigos e familiares, afinal, não há nada mais chato do que ficar passando vontade, né? Vamos lá: 1. Não chegue na ceia com muita fome Essa é uma dica básica para quem está fazendo uma reeducação alimentar. Se você fica...

Share

O suco de melancia pode reduzir a doença cardíaca?

Pesquisadores da Universidade do Alabama estão lançando um estudo que analisa o suco de melancia como uma forma de reduzir as doenças cardíacas. Os indivíduos estão sendo recrutados atualmente para um estudo de 10 semanas para ver como a melancia afeta a função dos vasos sanguíneos. Os pesquisadores acreditam que os ingredientes naturais como licopeno, citrulina, arginina, glutamina e ácido ascórbico encontrados na melancia vai agir em sinergia para diminuir a rigidez arterial e estresse oxidativo. Fonte: LEF  ...

Share

Coma Orgânico: Laranja e abacaxi são os alimentos que mais desencadeiam intoxicação por presença de agrotóxico

Fonte: Estadão Estudo feito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aponta laranja e abacaxi como alimentos com maior risco de provocar intoxicação aguda em razão da presença de agrotóxicos. De 744 amostras analisadas da laranja, 12,1% apresentaram uma concentração de resíduos de agrotóxicos acima dos limites considerados seguros. No caso do abacaxi, das 240 amostras, 5% foram classificadas como de risco agudo para intoxicação - problemas de saúde causados até 24 horas depois da ingestão. O trabalho foi feito com 25 classes de alimentos mais consumidos no País, como arroz, milho, trigo, abobrinha e beterraba. Ao todo, foram avaliadas 12.051 amostras coletadas entre 2013 e 2015 em 27 Estados e no Distrito Federal. Os resultados integram o Programa de Análises de Agrotóxicos em Alimentos (Para), criado...

Share

XILITOL: Sabor doce e saudável

Fonte: Essencial Nutrition Já abordamos diversas vezes a inserção exagerada e cotidiana dos açúcares na alimentação ocidental, tornando-se fator número 1 para a causa da obesidade, um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo. Em 2013, o Ministério da Saúde divulgou uma pesquisa com resultados alarmantes: 51% da população brasileira está acima do peso. Além da questão da obesidade, para muitas pessoas a retirada do açúcar é mais que uma opção para redução do peso corporal: é uma necessidade para regularizar a função intestinal degradada por uma disbiose, ou por conter um aumento nos fungos do organismo que se alimentam do açúcar, pela intolerância à frutose ou mesmo em indivíduos com diabetes tipo I e II. São muito bem descritos na literatura os benefícios dos polióis,...

Share

8 maneiras de tornar a sua comida mais saudável

Fonte: Lef Acho fascinante ver a profundidade da informação que os pesquisadores podem aprender sobre os alimentos que comemos. Além do valor nutricional das refeições, os cientistas estão trabalhando para descobrir como determinados alimentos devem ser comidos, o que eles devem ser combinados com e como eles são melhor absorvido. Eu vadeei através da pesquisa para descobrir estes oito tweaks surpreendentes para fazer bom para você alimentos ainda melhor. Fazendo curry? Adicione a pimenta preta Turmeric, a especiaria que dá ao pó sua cor amarela distintiva, está sendo estudado por sua capacidade de parar a produção de células cancerosas. A cúrcuma contém a potente curcumina antioxidante, o ingrediente ativo com potencial anti-câncer. Curcumin não é bem absorvido pelo corpo, mas uma pitada de pimenta preta pode aumentar a...

Share

Leites e produtos lácteos são bons ou maus para nossa saúde?

Fonte: PubMed Há um ceticismo sobre os efeitos da saúde dos produtos lácteos no organismo humano, o que se reflete em uma ingestão crescente de bebidas à base de plantas, por exemplo, de soja, arroz, amêndoa ou aveia. Um recente estudo revelou algo importante sobre este produtos. OBJETIVO DO ESTUDO Esta revisão teve como objetivo avaliar a evidência científica principalmente a partir de meta-análises de estudos observacionais e ensaios clínicos randomizados, na ingestão de leite e risco de obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, osteoporose, câncer e mortalidade por todas as causas. RESULTADOS DO ESTUDO A evidência mais recente sugeriu que a ingestão de leite e produtos lácteos foi associada com redução do risco de obesidade infantil. Em adultos, a ingestão de produtos lácteos mostrou melhorar a composição corporal e...

Share

Consumo de chocolate melhora o desempenho atlético

Fonte: Essential Nutrition A suplementação com nitrato de sódio ou suco de beterraba (rico em nitrato) vem tornando-se cada vez mais popular, sendo que tanto atletas de elite quanto amadores vêm tomando para dar-lhes uma vantagem nos seus treinos. Mas, como alternativa, um estudo realizado na Universidade de Kingston, em Londres, afirma que o chocolate preto oferece benefícios semelhantes aos do suco de beterraba, o que pode agradar a muitas pessoas. No estudo, verificou-se que o consumo de 40g de chocolate preto ao dia fez com que os ciclistas (amadores) usassem menos oxigênio quando pedalaram em um ritmo moderado por 20 minutos. Estes ciclistas também alcançaram uma maior distância em um ensaio cronometrado de dois minutos, durante o qual eles pedalaram o mais forte quanto podiam.(1) Para...

Share