logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

O que é Disbiose Intestinal?

Este é o termo científico que define o desequilíbrio entre as bactérias do intestino. O intestino compreende as funções de digestão, absorção, fortalecimento do sistema imune, produção hormonal, relacionada inclusive ao controle de fome e saciedade, além de síntese de neurotransmissores, detoxificação e excreção. Daí a importância de zelarmos pela boa saúde deste órgão. O intestino possui trilhões de bactérias, sendo que estas podem ser na sua maioria bactérias boas ou bactérias ruins. As boas bactérias intestinais produzem vitaminas do complexo B, vitamina K, enzimas digestivas que só beneficiam a nossa saúde. A predominância de bactérias ruins gera um desequilíbrio da microbiota, reduzindo a absorção dos nutrientes, gerando carências nutricionais e o aparecimento de doenças em nosso organismo, desde doenças intestinais até cardíacas, aumento de colesterol e do açúcar...

Share

Estudo sugere que alergias alimentares podem estar ligadas ao transtorno do espectro do autismo

O autismo pode ser desencadeado por alergias alimentares, de acordo com uma nova pesquisa. Um estudo de quase 200.000 crianças descobriu que as pessoas com deficiências de aprendizagem tinham mais de duas vezes e meia a probabilidade de sofrer uma intolerância alimentar. A descoberta acrescenta a um crescente corpo de evidências sugerindo que a disfunção do sistema imunológico aumenta o risco de transtorno do espectro do autismo (ASD). O professor Wei Bao, epidemiologista da Universidade de Iowa, disse: "É possível que os distúrbios imunológicos possam ter processos começando cedo na vida, que influenciam o desenvolvimento cerebral e o funcionamento social, levando ao desenvolvimento de ASD." O estudo analisou informações de saúde coletadas pelo National Health Interview Survey (NHIS), uma pesquisa anual de domicílios americanos conduzida pelos centros norte-americanos de...

Share

USP realiza estudo sobre jejum intermitente 24/24 e alerta para o risco de diabetes

Pesquisa do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP constatou efeitos negativos no organismo de ratos tratados com um protocolo de jejum intermitente, em que os animais ficaram 24 horas sem comer e 24 horas com alimentação à vontade, pelo período de três meses. Ao final do experimento, apesar de os animais tratados com o protocolo apresentarem peso menor comparado ao grupo controle, os pesquisadores observaram vários efeitos negativos que indicam aumento de risco para diabete tipo 2. “Os efeitos negativos constatados foram: aumento dos radicais livres e da secreção de insulina no pâncreas [um sintoma clássico da resistência à insulina], diminuição da ilhota pancreática [estrutura celular que secreta a insulina], diminuição periférica da resposta à insulina, grande aumento da dimensão do estômago, redução da massa magra, aumento...

Share

Medicina e espiritualidade se unem para cuidar da saúde de forma integrada

Valores positivos ajudam a enfrentar o sofrimento e aumentam as possibilidades de cuidados, o que reduz custos da medicina tradicional Conhecimentos e práticas ancestrais, geralmente vistos como subjetivos, ganham cada vez mais respaldo da ciência e da medicina para seus resultados. Estudos já comprovam que a espiritualidade - não necessariamente ligada a uma religião -, por exemplo, tem efeitos positivos sobre quem passa por algum sofrimento, seja físico, emocional ou mental. Embora os mecanismos de como os valores espirituais agem no organismo ainda sejam desconhecidos, profissionais da saúde já perceberam que a abordagem é válida. A Organização Mundial da Saúde (OMS), inclusive, reconheceu oficialmente e inseriu a espiritualidade em seu conceito de saúde. No âmbito da pesquisa, os especialistas são rápidos em esclarecer que não se trabalha com...

Share

Quais carbohidratos auxiliam na resistencia física?

A prática de exercício físico depende de uma boa alimentação e de um condicionamento do corpo. Com o objetivo de evitar lesões e melhorar a performance, torna-se necessário aumentar a resistência física, sendo a alimentação fundamental neste processo. Listamos alguns alimentos que auxiliam neste processo Cada atleta possui suas necessidades energéticas e nutricionais. Porém, a demanda de energia vem principalmente de carboidratos, independente da modalidade praticada, seja corrida, ciclismo, triathlo, natação, entre outros. O consumo apropriado de bons carboidratos é fundamental para a otimização dos estoques iniciais de glicogênio muscular. Neste caso podemos citar carboidratos complexos como inhame, batata doce, mandioca, brócolis, abóbora, grão de bico, linhaça. Todos estes são considerados carboidratos complexos e, diferente dos carboidratos simples, são digeridos lentamente pelo organismo, ocasionando aumento pequeno...

Share

Suplementação de vitamina B6 pode ajudar a recordar os sonhos

O estresse oxidativo pode explicar a diferença entre obesidade saudável e insalubre em 30 de abril de 2018. Para aqueles que raramente se lembram de seus sonhos, um estudo randomizado relatado em 17 de abril de 2018 em Perceptual e Motor Skills revelou que tomar piridoxina (vitamina B6) poderia ajudar. Atuando nos resultados de um estudo piloto relatado em 2002 que encontrou um efeito dose-dependente para a vitamina na melhoria da vivacidade do sonho, cor e outros fatores, o atual estudo duplo-cego incluiu uma amostra maior e mais diversificada de participantes para testar os efeitos da vitamina. Cem indivíduos australianos consumiram 240 miligramas de cloridrato de piridoxina, um suplemento de complexo B de alta dose ou um placebo antes de dormir por 5 dias consecutivos. Os...

Share

Estudo aponta benefícios do chocolate amargo para a memória e diminuição do estresse

Pesquisadores descobriram que a ingestão de chocolate 70% cacau tem efeitos positivos na memória, capacidade de aprendizado e melhoria de humor Médicos e pesquisadores já indicam, há anos, alguns benefícios do chocolate amargo, mas um novo estudo apresentado nesta semana no Experimental Biology 2018, congresso científico realizado em San Diego, nos Estados Unidos, mostrou que os benefícios são maiores do que se imaginava. De acordo com o estudo, realizado por pesquisadores da Loma Linda University Health, consumir chocolate 70% cacau com 30% de açúcar de cana orgânica tem efeitos positivos nos níveis de estresse, inflamação, humor, memória e imunidade, além de melhorar a saúde do sistema cognitivo, endócrino e cardiovascular. "Por anos, nós analisamos a influência de chocolate amargo em funções neurológicas do ponto de vista do açúcar –...

Share

Ômega-3 no combate à asma

Os cientistas do Centro Médico da Universidade de Rochester descobriram novas informações essenciais sobre os ácidos graxos ômega-3 contidos no óleo de peixe, e como eles poderiam ser usados para pacientes com asma. Em um artigo publicado no Journal of Clinical Investigation – Insight, pesquisadores que utilizam culturas de células de pacientes com asma, descobriram que: Os ácidos graxos ômega-3 podem reduzir a produção dos anticorpos que causam reações alérgicas e sintomas de asma em pessoas com casos mais leves; Mas em pacientes com asma grave que usam altas doses de esteroides orais, os ácidos graxos ômega-3 são menos efetivos porque os corticosteroides bloqueiam os efeitos benéficos. O autor principal Richard P. Phipps e seu laboratório demonstraram anteriormente que certos ácidos graxos contidos no óleo de peixe regulam...

Share

De acordo com a OMS, metade dos cânceres podem ser prevenidos evitando fatores de risco, como uma alimentação ruim

De acordo com a OMS, Organização Mundial da Saúde, em 2030 devem surgir cerca de 22 milhões de novos casos de câncer no mundo, com 13 milhões de mortes. Diferentemente do que se pensa, o fator genético representa apenas uma pequena parcela das causas das doenças, a maior parte da responsabilidade fica com os hábitos de alimentação, atividade física e consumo de drogas lícitas como o cigarro e o álcool. Para entender melhor de que forma o nosso hábito alimentar pode ajudar na prevenção e no tratamento de um câncer ou até ser mais um fator causador ou agravador da doença, conversei com a nutricionista clínica funcional, Juliana Geraix, que é especialista neste tema. – De que forma a nossa rotina alimentar pode ajudar na prevenção...

Share

1 ovo por dia protege você doenças cardíacas

Um estudo com quase meio milhão de pessoas na China sugere que um ovo diário pode reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames. Especialistas enfatizam que qualquer consumo de ovos precisa ser parte de um estilo de vida saudável para ser benéfico. "Pode-se deliberar sobre as muitas limitações e ressalvas da pesquisa nutricional, mas a mensagem desta pesquisa, de um grande estudo da China, é que no mínimo até um ovo por dia não está ligado ao risco cardiovascular elevado, e na melhor das hipóteses, até um ovo por dia pode até ter benefícios para a saúde ", diz a professora Nita Forouhi, da Universidade de Cambridge, comentando o trabalho. Atualmente, a maioria dos médicos encoraja a ingestão de ovos como parte de uma dieta saudável, pois...

Share