logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Melhore suas fontes de colesterol e não tenha medo dele

Texto: Juliana Carreiro, Comida de Verdade, Estadão  Há muitos mitos em torno da alimentação que se mantêm intactos com o passar do tempo, sendo transmitidos de uma geração para outra. O medo do colesterol é um deles. O organismo produz 70% do nosso colesterol e, assim como ocorre com todos os outros nutrientes, tanto a sua falta quanto o seu excesso podem atrapalhar o funcionamento do organismo. A natureza é sábia, portanto, se não nos fosse fundamental, o colesterol não precisaria ser produzido. Suas funções são bastante variadas: é a principal matéria prima para a formação dos hormônios sexuais; é necessário para construir e manter as membranas celulares; regula a fluidez dessas membranas; é necessário para a fabricação da bílis, que ajuda na digestão das gorduras e...

Share

IMPORTÂNCIA DOS CARBOIDRATOS DE BAIXO ÍNDICE GLICÊMICO DURANTE OS TREINOS

O fornecimento adequado de energia pode ser um fator crucial, tanto no desempenho físico como mental, e isto é algo que os atletas que treinam intensamente já conhecem muito bem. Para que os músculos possam ter o maior desempenho, eles necessitam de combustível suficiente em forma de carboidratos. Antes, se pensava que apenas a quantidade de carboidratos era importante. Agora, a atenção está cada vez mais voltada ao tipo de carboidrato, fazendo-se uma distinção entre carboidratos “rápidos e com curta ação” e os mais desejados “lentos e com ação prolongada”. Carboidratos com um alto IG (índice glicêmico) são facilmente absorvidos e entram na corrente sanguínea com rapidez, elevando o nível de açúcar no sangue de forma repentina. Por outro lado, o declínio tem a mesma rapidez, resultando...

Share

Adoçantes artificiais também podem aumentar riscos de obesidade e diabete, diz estudo

Cada vez mais consumidos por quem tem diabete e problemas com açúcares, os adoçantes artificiais são alguns dos aditivos alimentares mais comuns do mundo, frequentemente presentes em produtos diet e com zero calorias. Entretanto, eles podem ser responsáveis pelo ganho de peso e até por aumentar o risco de diabete, ao menos segundo um estudo da Escola de Medicina de Wisconsin e da Universidade de Marquette, nos Estados Unidos. Divulgado no último fim de semana no evento científico Experimental Biology 2018, o estudo analisou as mudanças bioquímicas que ocorrem no corpo após a ingestão de açúcar e adoçantes, e como essas substâncias afetam o revestimento dos vasos sanguíneos. Os pesquisadores usaram ratos e culturas celulares para fazer as análises. "Apesar da adição desses adoçantes artificiais não calóricos...

Share

Tofu, leite de soja pode aumentar a resistência óssea em mulheres

Mulheres que consomem proteína de soja encontrada em alimentos como tofu e leite de soja podem ser capazes de combater os efeitos negativos da menopausa sobre a saúde óssea e metabólica, sugere um estudo. O estudo feito em ratos mostrou que aqueles alimentados com soja tinham ossos da tíbia mais fortes, o que é uma parte importante tanto da articulação do joelho como da articulação do tornozelo. Para mulheres na pós-menopausa, osteoporose, diminuição da atividade física e ganho de peso são preocupações graves de saúde. A proteína de soja pode ter impactos positivos na força óssea de mulheres que ainda não atingiram a menopausa, disseram os pesquisadores. "As descobertas sugerem que todas as mulheres podem ver uma melhora na resistência óssea adicionando alguns alimentos integrais à base de soja...

Share

A VERIFICAÇÃO HORMONAL PODE NÃO DEPENDER DA IDADE CRONOLÓGICA

Muitos ficam surpresos ao descobrir que subs­tâncias que soam familiares são, na verdade, hormônios: a melatonina, envolvida em inúmeros processos fisiológicos, incluindo a sincronização dos ritmos circadianos, a regulação da pressão arte­rial, a função imune; a ocitocina reponsável pelas relações sociais e amorosas, reprodução sexual, parto, aprendizagem e memória. Bem como a forma ativa da vitamina D, o calcitriol, é um pró-hormônio, ou seja, atua conjuntamente com outros hormônios ou age como um precursor. A surpresa é ainda maior quando se conscientizam das suas muitas funções e benefícios. Por trás da teoria defendida que a verificação hormo­nal não deve depender de idade cronológica espe­cífica estão alguns médicos especialistas, como o belga Dr. Thierry Hertoghe, autor de numerosos livros e presidente da World Society of Anti-Aging Medicine. Seus...

Share

Boa nutrição na gravidez

Se você está grávida, já ouviu que uma dieta saudável e de alimentos integrais é melhor para você e para o bebê, uma que apresenta muitas frutas e legumes frescos, grãos integrais e proteínas magras. No entanto, muitas mães que esperam também estão lutando contra a náusea e a indigestão, especialmente durante os primeiros estágios. Isso pode tornar a idéia de ingerir alimentos ricos em nutrientes e ricos em fibras menos atraente. Aqui estão algumas dicas de nutrição para ajudá-lo a se sentir melhor e apoiar a sua saúde durante a gravidez. Administre o enjôo matinal Não muito tempo depois de celebrar a sua gravidez, o enjôo matinal pode acontecer enquanto os seus níveis de energia começam realmente a diminuir. Você pode agradecer o surto de novos hormônios...

Share

Restauração mitocondrial é responsável por rejuvenescimento do cabelo e pele

Um artigo que apareceu em 20 de julho de 2018 em Cell Death and Disease relatou uma pesquisa realizada na Universidade de Alabama Birmingham de uma inversão da perda de cabelo e pele enrugada em ratos que foram submetidos a restauração da função mitocondrial através da desativação de um gene que está ligado pelo antibiótico doxiciclina. As mitocôndrias são órgãos dentro de uma célula que atuam como as usinas de energia das células. "O declínio geral da função mitocondrial tem sido amplamente relatado durante o envelhecimento", observam Keshav Singh, PhD, e colaboradores. "Além disso, a disfunção mitocondrial é conhecida por ser uma força motriz subjacente às doenças humanas relacionadas à idade. Um camundongo que transporta uma mutação elevada do DNA mitocondrial também apresenta sinais de envelhecimento...

Share

5 Dicas para aumentar sua imunidade e diminuir lesões durante sua temporada de treino

No ano passado, minha temporada foi cheia de lesões e doenças. Como posso mudar minha dieta para me manter saudável? R: O que comemos durante todo o dia, e especificamente antes e depois das sessões de treinamento ou corridas, afeta muito nossas taxas de imunidade e lesão. Pesquisas mostram que os atletas sofrem de mais casos de infecções do trato respiratório superior e lesões após treinamento pesado ou corridas depletivas. Aqui estão cinco principais recomendações para aumentar a imunidade e diminuir a taxa de lesões: Tente comer pelo menos três porções de frutas coloridas (e variadas) diariamente. Sim, bananas são ótimas antes de um treino, mas mirtilos, morangos, framboesas, melões e ameixas também são boas opções para obter a tão necessária vitamina C, potássio e antioxidantes para manter...

Share

A suplementação de ômega-3 pelas crianças pode melhorar o comportamento das crianças e dos pais

Um estudo publicado em 20 de maio de 2018 na revista Aggressive Behavior, revelou que a suplementação de crianças com ácidos graxos ômega-3 melhorava seu comportamento entre os pais e as crianças. O estudo incluiu crianças que receberam uma bebida de fruta que continha um grama de ácidos graxos ômega-3 ou uma bebida de frutas não suplementada por 6 meses. Entre os pais de crianças que receberam ômega-3, foi relatada uma diminuição de longo prazo na agressão psicológica (caracterizada como argumentação e abuso verbal), que se correlacionou com melhora no comportamento de externalização da criança (comportamentos problemáticos direcionados ao ambiente externo, incluindo agressão física e desobediência). regras). "Este estudo é o primeiro a mostrar que a suplementação de ômega-3 em crianças pode reduzir a agressão psicológica entre...

Share

Chega de agrotóxicos! Carta de repúdio ao PL do veneno

CARTA DE REPÚDIO AO “PL DO VENENO”     O Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) torna público o seu repúdio à aprovação do Projeto de Lei n.º 6.299/2002 na Comissão Especial sobre Defensivos Agrícolas da Câmara dos Deputados.   Apelidado de “Pacote do Veneno”, o Projeto de Lei retira do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a avaliação dos agrotóxicos, centralizando a liberação do registro de autorização de uso no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).   Junto a várias entidades e movimentos sociais, o CFN considera a aprovação deste projeto um grave retrocesso e um enorme risco à saúde da população, ao meio ambiente e à Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional do país. Entidades como o...

Share