logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Suplementos de óleo de peixe podem melhorar a função muscular em mulheres idosas

Fonte: LEF A tomada de suplementos de omega-3 pode melhorar a função muscular em mulheres mais velhas, aumentando potencialmente a sua qualidade de vida na velhice e evitando quedas desnecessárias e perda de independência. Em um estudo novo conduzido pelas universidades de Glasgow e de Aberdeen e publicado hoje no jornal americano da nutrição clínica, os cientistas encontraram que suplementar a dieta de mulheres mais velhas com 3g de óleo de peixes resulta em uns aumentos mais grandes (quando comparado a um 3g de cártamo Óleo placebo) em sua função muscular quando combinado com o treinamento de exercício de resistência durante 18 semanas. Antes e após o programa de treinamento de exercícios, os pesquisadores mediram o tamanho do músculo, usando a RM e a função muscular, usando um...

Share

Deixe seus micróbios fazerem o trabalho duro

Fonte: Lef Pessoas que regularmente fazem dieta tendem a perder peso inicialmente, mas ganhar peso após parar o regime. Este fenômeno  é associado com mudanças no metabolismo e é uma razão pela qual a grande maioria das dietas baseadas em calorias falham. Mas exatamente o que causa essas mudanças metabólicas permaneceu um mistério - até agora. Estudos anteriores em gêmeos idênticos que diferiram nos padrões de dieta mostraram que fatores não genéticos são amplamente responsáveis. A hipótese de trabalho era que quando você ganha peso você de alguma forma "redefinir" seu termostato interno correspondente ao maior nível de peso e assim quando você perde peso seu corpo faz tudo o que pode para retornar a esse novo set point superior. Agora uma nova pesquisa, publicada na Nature,...

Share

Exagerou na ceia de Natal? Especialistas dão dicas para detox

É difícil resistir às tentações da ceia de Natal e de todas as comemorações que costumam acontecer no fim do ano. Mas dá para tentar aproveitar sem ter tanto prejuízo assim depois. "Não há nenhum alimento que não se deva consumir de jeito nenhum, desde que seja em pequenas porções", explica o endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posse do Corpo. Dos pratos tradicionais, o melhor, segundo o médico, é o peru. Mas sem a gordura, claro. "A salada de bacalhau com batatas e porções de nozes também são bem-vindas", diz. "Algumas pessoas podem chegar a consumir seis mil calorias em um único dia, quando geralmente combinam bebida alcoólica com doces, panetones, chocolates, rabanadas e outros pratos típicos desta época do ano. E, sem dúvida nenhuma, os que...

Share

Algumas dicas para não enfiar o pé na jaca nas festas de final de ano

Fonte: Giro Saúde Mais um fim de ano se aproxima e com ele as festas com muita comida e bebida. Para aqueles que controlam a alimentação o ano inteiro, esse é o momento da libertação. Porém, você deve tomar uma série de cuidados para não extrapolar e jogar fora um trabalho de muitos meses de controle de peso. Pensando nisso, separamos 4 dicas para que você consiga aproveitar as festas de Natal e Réveillon sem abusar, porém, aproveitando todas as possibilidades, para assim, saciar os desejos e socializar com seus amigos e familiares, afinal, não há nada mais chato do que ficar passando vontade, né? Vamos lá: 1. Não chegue na ceia com muita fome Essa é uma dica básica para quem está fazendo uma reeducação alimentar. Se você fica...

Share

‘Força de vontade você conquista diariamente’, diz publicitário que perdeu 103 kg

Fonte: Estadao Uma aposta foi o suficiente para transformar a vida do publicitário Fabiano Lacerda. Em outubro de 2014 ele tinha 193 kg e seus amigos o desafiaram a eliminar 60 kg em apenas seis meses. Embora a meta fosse ambiciosa, o soteropolitano não se deixou intimidar. “Força de vontade é uma coisa que você conquista diariamente”, acredita o rapaz de 33 anos. Como regra para a aposta, Lacerda não podia tomar nenhum tipo de remédio ou fazer cirurgia. Ele passou a falar com uma nutricionista dia sim, dia não, e fazer visitas quinzenais para iniciar uma reeducação alimentar. Paralelamente, ele passou a praticar exercícios físicos acompanhado por um personal trainer diariamente e por um fisioterapeuta no início. “Ele acompanhou de perto para não ter nenhum tipo...

Share

Pasta de Avelã Saudável

Fonte: Essencial Nutrition Doce dezembro  Nada tem tanto a cara do Natal quanto as avelãs. Nutricionalmente ricas em magnésio e cálcio elas são fontes de vitaminas, fibras e minerais essenciais. Veja uma receita de sobremesa para aproveitar o melhor delas sem comprometer a alimentação.   PASTA DE AVELÃS – 20 porções (450 g)   MÉDIA NUTRICIONAL – 1 porção Kcal. 85 Carb. 6,5 g Xylitol 1,5 g Poliól 1,6 g Prot. 2 g Fat. 7 g F. Sat. 0,8 g Fibr. 2 g Sód. 9 mg     Ingredientes: - 1 e ½ xíc. avelãs - ¾ xíc. biomassa de banana verde orgânica - 8 c.sopa CHOCOKI - 2 c.sopa cheias XYLITOL - 1 c.chá rasa cacau puro em pó - 4 c.sopa cheias manteiga de coco orgânica - 2/3 xic. leite moderado com enzimas lactase - 1 pitada de sal rosa do himalaia   Preparo: - Pré-aquecer o forno a 160° C; - Assar as...

Share

A força dos relacionamentos para a longevidade

Fonte: Estadão  Muitas pessoas me perguntam como ter longevidade e ser feliz. Como médico, não tenho como deixar de responder que para viver mais e com saúde é essencial ter uma alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos regularmente, ter amigos e uma vida social ativa. Um estudo de um grupo de pesquisadores da badalada universidade norte-americana Harvard revela que a fonte para uma vida longa e feliz é a força nos relacionamentos, seja com um parceiro ou com a família e amigos. O estudo dirigido pelo psiquiatra Robert Waldinger mostra que a manutenção de relacionamentos influencia diretamente no bem-estar e na saúde das pessoas e, melhor, reduz o risco de doenças crônicas, mentais e a perda da memória. Para os historiadores, os grandes vilões da vida saudável são o cigarro, por questões...

Share

Diabetes, além de medicamentos

Fonte: Life Summit Algumas novidades interessantes têm acontecido no mundo do Diabetes e Diabesidade. Compostos recém-descobertos têm demonstrado propriedades para desligar genes conectados à doença. Não estou falando apenas de medicamentos, mas de alimentos e suplementos que podem modificar suas vidas. Metade das pessoas com diabetes não sabem que têm a doença e quase todas as pessoas com pré-diabetes não sabem que isso existe. Começo com algumas perguntas: Será que estamos fazendo o diagnóstico correto? No tempo correto? Nossas ferramentas atuais de prevenção e tratamento são eficazes em diminuir os riscos de acidentes cardiovasculares e morte? Certamente, a redução de açucar no sangue em diabéticos é uma estratégia eficaz para reduzir o risco de morte e doença cardíaca. No entanto, termos açucar elevado é apenas um sinal, não...

Share

O suco de melancia pode reduzir a doença cardíaca?

Pesquisadores da Universidade do Alabama estão lançando um estudo que analisa o suco de melancia como uma forma de reduzir as doenças cardíacas. Os indivíduos estão sendo recrutados atualmente para um estudo de 10 semanas para ver como a melancia afeta a função dos vasos sanguíneos. Os pesquisadores acreditam que os ingredientes naturais como licopeno, citrulina, arginina, glutamina e ácido ascórbico encontrados na melancia vai agir em sinergia para diminuir a rigidez arterial e estresse oxidativo. Fonte: LEF  ...

Share

Coma Orgânico: Laranja e abacaxi são os alimentos que mais desencadeiam intoxicação por presença de agrotóxico

Fonte: Estadão Estudo feito pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aponta laranja e abacaxi como alimentos com maior risco de provocar intoxicação aguda em razão da presença de agrotóxicos. De 744 amostras analisadas da laranja, 12,1% apresentaram uma concentração de resíduos de agrotóxicos acima dos limites considerados seguros. No caso do abacaxi, das 240 amostras, 5% foram classificadas como de risco agudo para intoxicação - problemas de saúde causados até 24 horas depois da ingestão. O trabalho foi feito com 25 classes de alimentos mais consumidos no País, como arroz, milho, trigo, abobrinha e beterraba. Ao todo, foram avaliadas 12.051 amostras coletadas entre 2013 e 2015 em 27 Estados e no Distrito Federal. Os resultados integram o Programa de Análises de Agrotóxicos em Alimentos (Para), criado...

Share