logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Antioxidantes e câncer

No Brasil, estima-se a ocorrência de cerca de 600 mil casos novos de câncer para o biênio 2016-2017. Sendo que o perfil epidemiológico é semelhante ao da América Latina e do Caribe, onde os cânceres de próstata (61 mil) em homens e mama (58 mil) em mulheres serão os mais frequentes.As etapas de iniciação, promoção e progressão de carcinogênese têm sido comumente associadas ao estresse oxidativo, em que o excesso de espécies reativas de oxigênio (ERO) promove dano tecidual e produção de compostos prejudiciais aos tecidos. No organismo, o estresse oxidativo ocorre quando há desequilíbrio entre os sistemas pró-oxidantes (aumento) e antioxidantes (diminuição).No câncer, as ERO também contribuem para o aumento da proliferação celular através de mutações sobre o DNA, resultando em progressão tumoral. Todavia,...

Share

E se pudermos mudar os rumos do adoecimento com mudanças no estilo de vida?

Fonte: Lifestylesummit Essa pergunta sempre fez parte de minha história médica e fez com que minha trajetória clínica optasse mais por prevenção e por entender mais do metabolismo, suas interelações e caminhos entre a saúde e o adoecimento. Foram assim minhas escolhas em especialidades médicas e pós-graduações. Sempre tive no equilíbrio dos alimentos e nutrientes, do movimento e do exercício, do sono, do estresse, e no entendimento da relação da vida em comunidade e do meio-ambiente, fatores dos mais importantes para a vida de cada um de meus pacientes.Hoje, represento como fundador-presidente, a Associação Brasileira de Saúde Funcional e do Estilo de Vida (Abrasfev), entidade fundada recentemente e que representa a Medicina de Estilo de Vida no país. Nossa Associação nasceu com fortes parceiras, irmãs em...

Share

Estilo de vida da criança e patrimônio ósseo

Crianças devem tomar oito minutos de Sol por dia, recomenda pediatra Fonte:Pediatra Orienta - SPSP A importância da vitamina D para a saúde humana é reconhecida de longa data. Esta substância está diretamente envolvida na absorção intestinal e metabolismo do cálcio e fósforo e no fortalecimento ósseo. Além de promover a saúde óssea, a vitamina D está relacionada também a vários outros benéficos como participação em funções musculares, imunológicas e neurológicas, dentre outras ainda em estudo. A deficiência gera inicialmente sintomas inespecíficos como irritabilidade, sono intranquilo e sudorese excessiva na cabeça (segmento cefálico). Com a evolução pode ocorrer fraqueza muscular, distensão do abdômen, diminuição de resistência a infecções e alterações da mineralização óssea em várias partes do corpo. Em crianças, a deficiência severa é denominada de raquitismo. A vitamina...

Share

Como potencializar nossas mitocôndrias tendo mais saúde e menos doença?

Fonte: Lifestyle Summit Imagine se você pudesse prevenir problemas como diabetes, cardiopatias, doença de Parkinson e demências, além de câncer de diversos tipos? Imagine se você pudesse curar a fibromialgia e síndrome da fadiga crônica? Imagine se você pudesse chegar às raízes do envelhecimento, retardar todo o processo e eliminar a maioria das doenças relacionadas com a idade?  Estas idéias não são apenas fantasias! Todas são possíveis, basta entender a bioquímica metabólica através de um belo check-up e fazer um “upgrade” no seu sistema. Vocês devem ter ouvido sobre estudos em ratinhos alimentados com altas doses de resveratrol, aquele composto fitoquímico encontrado no vinho tinto. Você sabia que eles viveram 30% a mais do que seus pares (um equivalente ao que seria viver 120 anos humanos) mesmo...

Share

Calendário do sol :: Quantas horas por dia você precisa se expor ao sol para manter bom o seu nível de vitamina D?

"A deficiência de vitamina D é uma pandemia global que tem sérias conseqüências para a saúde de crianças e adultos. A melhora do status mundial de vitamina D poderia reduzir significativamente o risco de muitas doenças crônicas, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e muitos tipos de cânceres mortais, bem como doenças infecciosas, incluindo infecções do trato respiratório superior, gripe e tuberculose ". -Michael Holick, MD, PhD Professor de Medicina, Fisiologia e Biofísica na Faculdade de Medicina da Universidade de Boston ...

Share

Lifestyle Summit Brazil :: Simpósio Internacional de Saúde Funcional e Estilo de Vida

Entre hoje e amanhã a Dra. Priscila Machado estará no FECOMERCIO participado do III Lifestyle Summit Brazil, Simpósio Internacional de Saúde Funcional e Estilo de Vida. O evento está cheio de novidades e a partir da semana que vem publicaremos os highlights com exclusividade para você. Com importantes nomes da saúde nacional e internacional, o simpósio discutirá temas que envolvem a medicina de estilo de vida. Os visitantes do simpósio terão atualização científica e acesso a novas pesquisas da área.  O simpósio, que é o maior encontro no Brasil para profissionais especializados e atuantes na área de Medicina e Saúde de Estilo de Vida, conta com o apoio do American College of Lifestyle Medicine (ACLM) e da European Society of Lifestyle Medicine (ESLM), já que a medicina de estilo de vida é uma...

Share

O consumo de frutas durante a gestação

Fonte: Essential Nutrition A maioria das pessoas já ouviu que o consumo diário de frutas pode reduzir o risco de uma ampla variedade de condições de saúde, como a doença cardíaca e o acidente vascular cerebral. Mas agora um novo estudo está mostrando que os benefícios da fruta podem começar tão cedo quanto no útero. O estudo, publicado na revista EbioMedicine, mostrou que as mães que consumiam mais frutas durante a gravidez deram à luz a crianças que tiveram melhor desempenho em testes de desenvolvimento com um ano de idade. Piush Mandhane, autor sênior do estudo e professor associado de pediatria na Universidade de Medicina e Odontologia de Alberta, fez a descoberta usando dados do estudo Canadian Healthy Infant Longitudinal Development (CHILD) – um estudo de coorte...

Share

Um ovo por dia pode 12% reduz risco de AVC

Fonte: Life Extension O ovo é apontado como culpado do colesterol alto e das doenças cardiovasculares, mas um novo estudo realizado por cientistas do Instituto EpidStat, nos EUA, sugere que os ovos podem até ajudar a reduzir o risco de AVC. Como reporta o Medical Daily, os investigadores analisaram sete estudos semelhantes sobre os efeitos do consumo do ovo na saúde cardiovascular. Tal como nos estudos anteriores, os cientistas descobriram que não há uma ligação clara entre comer ovos regularmente e a doença arterial coronária ou as doenças cardiovasculares em geral. Aliás, o estudo publicado no Journal of The American College of Nutrition, concluiu que o consumo de um ovo por dia está associado a uma diminuição de 12% no risco de AVC. “Com base nos resultados desta análise, o consumo de até um ovo por dia pode...

Share

Os níveis de vitamina D em mulheres grávidas podem estar ligados a algumas dificuldades de aprendizagem em crianças

As dificuldades de aprendizagem são mais comuns nas crianças que foram concebidas entre janeiro e março - a época do ano em que há luz solar insuficiente para produzir a vitamina D - de acordo com um estudo novo conduzido pela universidade de Glasgow. O estudo, que é publicado hoje no American Journal of Epidemiology, foi escrito em colaboração com pesquisadores da Universidade de Cambridge, o NHS e o governo escocês. O estudo encontrou que 8,9% das crianças que foram concebidas entre janeiro e março tinham dificuldades de aprendizagem. Em contraste, apenas 7,6% que tinham sido concebidos entre julho e setembro tinham dificuldades de aprendizagem. A diferença geral foi devido ao autismo, dificuldades intelectuais e dificuldades de aprendizagem como a dislexia. Não houve padrões sazonais para outras...

Share

Quais os benefícios de uma dieta de baixo índice glicêmico?

Fonte: Essential Nutrition O índice glicêmico (IG) é um fator atribuído aos alimentos que leva em consideração a quantidade de glicose presente em cada um e a velocidade com que essas moléculas atingem a corrente sanguínea e está diretamente relacionado à glicemia (nível de açúcar circulante no sangue). Ao ingerirmos alimentos de alto índice glicêmico (IG), ocorre a liberação de grandes quantidades de insulina pelo pâncreas na tentativa de manter os níveis de glicose no sangue dentro dos limites normais. Tal aumento de insulina causa uma menor sensação de saciedade após as refeições, o que pode levar ao consumo excessivo de alimentos e ao consequente ganho de peso, contribuindo ao desenvolvimento de obesidade ou piora no quadro de resistência à insulina. Uma dieta de baixo índice glicêmico, ou...

Share