logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00 Sab - Dom FECHADO

55-11-3845-7267

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

7º Congresso Internacional da Ciência da Longevidade Humana

Entre os dias 16 e 18 de novembro acontecerá o 7º Congresso Internacional da Ciência da Longevidade Humana, o evento traz os principais nomes sobre o assunto no mundo e contará com uma palestra da Dra. Priscila Machado no dia 17 sobre Inflamação e Esporte: como suplementar ômega 3 corretamente.  ...

Share

Como posso saber se tenho sensibilidade ao glúten?

Tecnicamente, a Doença Celíaca (DC) seria uma resposta imunológica intensificada ao glúten em indivíduos que possuem o gene da doença. A alergia ao trigo é definida como uma reação imunológica às proteínas do trigo mediada por uma imunoglobulina chamada IgE – pode apresentar-se com sintomas respiratórios (“asma do padeiro” ou rinite, mais comum em adultos), alergia alimentar (sintomas gastrintestinais, urticária, angioedema ou dermatite atópica; principalmente em crianças) e urticária de contato. Os testes para alergia ao trigo incluem dosagem sérica de IgE ou testes cutâneos para o trigo. A sensibilidade ao glúten não-celíaca é uma forma de intolerância ao glúten quando a doença celíaca e a alergia ao trigo foram excluídas. A frequência de ocorrência das duas primeiras é de 1%, e a terceira chega...

Share

Níveis mais elevados de vitamina D ligados a melhor aptidão cardiorrespiratória

Um artigo publicado em 30 de outubro de 2018 no European Journal of Preventive Cardiology relata uma associação entre níveis mais altos de vitamina D sérica e um maior nível de aptidão cardiorrespiratória, que é considerado um indicador de aptidão física. Amr Marawan e colaboradores analisaram dados que incluíam níveis séricos de 25-hidroxivitamina D e consumo máximo de oxigênio durante o exercício (VO2 max) obtidos da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição de 2001-2004 (NHANES). Entre os 1.995 participantes, aqueles cujos níveis de vitamina D estavam entre os 25% tiveram mais de quatro vezes maior aptidão cardiorrespiratória (avaliada pelo VO2 max) em comparação com os participantes cujos níveis estavam entre os menores 25%. Para cada aumento de 10 nanomoles na vitamina D houve um aumento de...

Share

Guia para determinação de Prazo de Validade de Alimentos

A ANVISA publicou no dia 30 de outubro de 2018, o Guia nº 16, para Determinação de Prazos de Validade de Alimentos, em cumprimento do Tema n º 4.8 da Agenda Regulatória 2017-2020. Vale lembrar que o Guia não confere ou cria novas obrigações, como também sua inobservância não configura infração sanitária, nem constitui motivo para indeferimento de petições ou sanções para o setor regulado. O Guia é um documento de 76 páginas, dividido em: 1.      Escopo; 2.      Introdução; 3.      Base legal; 4.      Alterações que podem ocorrer durante o processamento e armazenamento de alimentos; 5.      Fatores para a determinação do prazo de validade de um alimento; 6.      Determinação do prazo de validade baseado na deterioração do alimento; 7.      Determinação do prazo de validade baseado em razões de segurança; 8.      Determinação do prazo de validade baseado...

Share

Padrão alimentar saudável reduz risco de doenças crônicas

Geralmente, seguir uma dieta e padrões de estilo de vida saudáveis reduz o risco de aparecimento de diabetes tipo 2 e doença arterial coronariana. Recentemente, um novo estudo sobre mulheres americanas forneceu fortes evidências de que a adoção de padrões alimentares saudáveis reduz o aparecimento de doenças cardiometabólicas e endócrinas. A maioria das doenças crônicas que persistem por períodos mais longos são comumente associadas com deficiência grave de saúde e causam mortalidade global. Essas doenças incluem doenças cardiovasculares (doença cardíaca e acidente vascular cerebral), doenças respiratórias crônicas e doenças endócrinas (diabetes). Os múltiplos mecanismos biológicos responsáveis pela patologia das doenças crônicas envolvem as vias inflamatórias, cardiometabólicas e endócrinas. Portanto, é importante tomar as medidas necessárias para a sua gestão, bem como melhorar as condições de saúde...

Share

Vencedores do Prêmio Mundial da Alimentação enfatizam as necessidades nutricionais globais

A fome não é apenas fome.  Os dois homens britânicos, um médico e o outro economista, ganharam o prêmio principalmente por seu trabalho enfatizando a nutrição infantil. Eles falaram em eventos em Des Moines de 16 a 19 de outubro como parte do Diálogo Borlaug do Prêmio Mundial de Alimentos. Ao olhar para essas questões, Nabarro e Haddad disseram que rapidamente perceberam várias coisas. Uma é que é especialmente importante obter uma nutrição adequada para mulheres grávidas e mulheres jovens que logo poderão se tornar mães. Também é importante obter nutrição para bebês e crianças com menos de três anos de idade. E é importante não apenas obter calorias para esses indivíduos, mas também obter uma dieta nutricional e equilibrada. Por não abordar esses itens, o mundo...

Share

Pesquisa indica que pode não haver um limite fixo de idade para a vida humana

Um artigo na revista Proceedings of National Academy of Sciences sugere que, ao contrário de algumas previsões, pode não haver um limite fixo para a vida humana. "O declínio da mortalidade na velhice levou a recentes aumentos de expectativa de vida, mas não há acordo sobre o padrão de idade das mortes de idosos", escrevem Wenyun Zuo, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong, na China, e colegas. Por exemplo, alguns argumentam que as mortes de idosos devem ser comprimidas em idades avançadas, e outros argumentam que as mortes de idosos devem se tornar mais dispersas com a idade. Aqui mostramos, por cinco décadas em 20 países desenvolvidos, que a sobrevivência na velhice segue uma frente de avanço, como uma onda de viagens ”. Os pesquisadores...

Share

Por que ficamos com tantos gases depois de nadar?

Ah sim, o problema da flatulência pós-nado. Você não está sozinho, meu amigo, e o primeiro passo para diminuir este desconforto é entender o por que isto acontece, então você está no caminho certo. A deglutição excessiva ou repetitiva do ar (também conhecida como aerofagia) produz sintomas gastrointestinais desfavoráveis, como inchaço, arrotos, distensão abdominal e flatulência. Ao nadar, seu corpo é colocado em uma posição horizontal e engolindo muito ar (goles grandes), não exalando totalmente antes de tomar a próxima respiração, aumentando o risco de flatulência pós-natação. Felizmente, existem algumas dicas para reduzir esse efeito colateral desagradável: 1. Controle sua respiração ao nadar para evitar grandes suspiros de ar. Apontar para uma respiração mais frequente ,por exemplo, certifique-se de exalar vigorosamente debaixo d'água antes de tomar sua próxima...

Share

Cafeína reduz sensação de fadiga e melhora desempenho de ciclistas

Estudo realizado na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP indica que a cafeína é capaz de atenuar e reverter a sensação de fadiga mental e ainda melhorar o desempenho de atletas de ciclismo. Atualmente o cansaço mental não está presente apenas na vida de pessoas com rotina agitada por diversas atividades, mas também faz parte do dia a dia de atletas. Segundo a pesquisa de Paulo Estevão Franco Alvarenga, os atletas com fadiga mental acabam perdendo desempenho e possuem aumento na percepção de esforço para a mesma intensidade de exercício, sem nenhuma alteração fisiológica na musculatura. Dessa forma, surgiu o interesse de estudar possíveis manipulações que revertam os efeitos da fadiga mental sobre o desempenho de ciclistas. Iniciado em 2016, o projeto de mestrado...

Share

Crescimento do autismo pode ser prevenido com alimentação

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, CDC, a incidência de casos de autismo deve crescer 15% ao ano no país, nos próximos anos. Em 1980 a prevalência era de 1 caso para 2000 nascidos vivos. Em 2013 passou para 1 em cada 50, em 2018 subiu para 1 em cada 28 e a previsão para 2033 é alarmante, 1 para cada 4. A boa notícia é que, assim como boa parte dos transtornos e das doenças, como as doenças crônicas não transmissíveis, o autismo pode ser prevenido desde o início da gestação, até o segundo ano de vida da criança, que é o período citado pelo Programa dos Mil Dias da Organização Mundial da Saúde – que...

Share