logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00

55-11-3845-7267

Whatsapp 55-11-9833-2857

R. Guarará, 529 - Cj. 107 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Como comer e se exercitar para reduzir a inflamação?


Experimentar a inflamação é parte integrante do estilo de vida tri, mas uma abordagem multifacetada envolvendo treinamento inteligente e uma dieta nutritiva pode neutralizar seus efeitos muitas vezes prejudiciais.A inflamação leve a moderna sempre ocorrerá nos músculos que foram trabalhados. Isso ocorre porque a inflamação é uma reação protetora do corpo em resposta a uma lesão: os músculos trabalhados precisam de recrutas para o processo de cicatrização, para que o corpo envie mais fluxo sanguíneo para a área localizada.

No entanto, a inflamação grave é resultado de maus hábitos de treinamento (pense em negligenciar o treinamento de força e alongamento e ignorando os dias de descanso) e uma dieta incompleta (falta de carboidratos, proteínas ou gorduras).

A inflamação deprime o sistema imunológico, aumentando o hormônio do estresse, o cortisol. E, o que é preocupante, se a inflamação crônica não for gerenciada corretamente, pode causar muitas doenças, como dermatite, asma, doenças cardíacas, artrite reumatóide e doença de Crohn.

Uma dieta inflamatória de longo prazo pode aumentar significativamente o risco de problemas de saúde e doenças. De fato, as doenças inflamatórias crônicas são a causa mais significativa de morte no mundo.

Então, que tipo de alimentos são os culpados por aumentar a inflamação? Alimentos refinados, processados ​​e embalados. Outros que causam estragos incluem alimentos fritos, carnes processadas, carboidratos refinados, adoçantes artificiais, óleos vegetais e álcool.

É importante alimentar o corpo com alimentos nutritivos e ricos em nutrientes. Especialmente para atletas, porque o corpo pode entrar no” modo de fome “por sobrecarregar seus músculos e queimar mais energia do que seu corpo precisa para manter todos os sistemas corporais funcionando corretamente. Isso pode afetar negativamente o sistema imunológico e causar uma resposta inflamatória.

A boa notícia é que você pode “absolutamente” usar alimentos para reduzir a inflamação, fazer pequenas alterações na maneira como você come pode ter um tremendo impacto. Algumas das melhores opções incluem folhas verdes como espinafre, couve e acelga, além de aipo, brócolis, mirtilo, salmão selvagem, nozes, açafrão, gengibre, linhaça e caldo de ossos.

Em relação aos exercícios. O conselho é construir seus músculos e estruturas articulares com força e treinamento funcional.

O levantamento peso ajudará a construir as extremidades para suportar forças impactantes. O treinamento devem ser acompanhado de alongamentos adequados para aumentar a amplitude de movimento nas articulações.

Os dias de descanso ativo são cruciais para evitar lesões e inflamações. E, acima de tudo, seu corpo precisa de três coisas: descanso, proteína e água.

Para entender melhor o processo de inflamação leia: “Seu Futuro um Prato Cheio”

Share

No Comments

Post a Comment