logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00

55-11-3845-7267

Whatsapp 55-11-9833-2857

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Mirtilo mostra efeitos de proteção dos ossos

Pesquisa relatada em 01 de abril de 2019 no FEBS Open Bio revelou um papel para blueberries na prevenção ou gestão da osteoporose.

Usando células ósseas cultivadas conhecidas como osteócitos em que o estresse oxidativo foi induzido pela privação de soro, a administração de suco de mirtilo contendo várias quantidades de polifenóis resultou na prevenção da apoptose induzida por estresse oxidativo (um tipo de morte celular programada) e uma reversão dos fatores envolvidos na ativação de osteoclastos (que quebram o osso) e reabsorção óssea. O suco contendo as concentrações mais baixas de polifenóis diminuiu as espécies reativas de oxigênio em aproximadamente 25% após quatro horas, enquanto a maior concentração foi associada a um declínio de 50% em comparação às células sem soro não tratadas. Quando os efeitos do suco de mirtilo e um extrato de mirtilo em pó que continha a mesma quantidade de polifenóis solúveis foram comparados, nenhuma diferença significativa foi observada. Descobriu-se que o suco de mirtilo e o extrato de mirtilo aumentaram a expressão da sirtuína tipo 1 (SIRT1), que está envolvida na regulação da apoptose.

A equipe de pesquisa também descobriu que o suco evitou a citotoxicidade celular induzida por estresse oxidativo em células estromais mesenquimais da medula óssea, que são consideradas importantes para a terapia celular em desordens ósseas devido à sua capacidade de se diferenciar em vários tecidos, incluindo osso.

“Os resultados deste estudo demonstram, pela primeira vez, em osteócitos, células em contato próximo com os capilares sanguíneos e considerados os principais reguladores da remodelação óssea, uma relação significativa entre a atividade antioxidante dos mirtilos e eventos moleculares relacionados à apoptose e expressão de fatores osteoclastogênicos induzidos pelo estresse oxidativo, escrevem Vladana Domazetovic e seus colegas da Universidade de Florença.

“Efeitos anabólicos benéficos dos mirtilos no tecido ósseo têm sido relatados em estudos com animais, que sugerem que mirtilos sejam um suplemento útil para a prevenção e / ou manejo da osteoporose e o processo osteogênico”, eles concluem.

Share

No Comments

Post a Comment