logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00

55-11-3845-7267

Whatsapp 55-11-9833-2857

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Melhor forma de consumir folato

A melhor forma de folato é a forma metabolicamente ativa chamada L-metilfolato (também conhecida como
5-metiltetra-hidrofolato ou 5-MTHF).

No entanto, o ácido fólico, a forma sintética da vitamina B9 (folato) é comumente encontrada em alimentos fortificados e (historicamente) em suplementos vitamínicos.

O folato ocorre naturalmente em alimentos como verduras de folhas verdes, como espinafre, mas muitos alimentos processados, como grãos enriquecidos e cereais matinais, são enriquecidos com ácido fólico.

O folato tem muitos benefícios e é essencial para muitos processos no corpo, incluindo desenvolvimento e função cerebral, metabolismo de ácidos nucléicos e aminoácidos, síntese de DNA e muito mais. Seu papel em muitas reações de metilação também sugere que o folato é importante para ajudar a prevenir certos tipos de câncer e doença de Alzheimer.

Tomar suplementos de ácido fólico é suficiente?

Não, tomar suplementos de ácido fólico e ingerir alimentos fortificados com ácido fólico pode não ser suficiente para apoiar os níveis ideais de folato em populações com metabolismo de ácido fólico prejudicado. No organismo, o ácido fólico deve sofrer várias reações metabólicas para ser convertido no folato ativo. Embora atualmente não seja um padrão de tratamento na medicina convencional, a alternativa sugerida é ingerir alimentos que naturalmente * contenham folato e complementem com a forma metabolicamente ativa de folato; L-metilfolato. O L-metilfolato pode aumentar os níveis de folato no plasma de forma mais eficaz do que o ácido fólico, uma vez que não requer qualquer conversão ou ativação metabólica.

* Nem todos os alimentos com folato natural estão 100% biodisponíveis.

O que é o metabolismo do ácido fólico prejudicado?

Pessoas com mutações no gene da MTHFR (também conhecidas como polimorfismos do SNP – single nucleotide) freqüentemente apresentam um metabolismo do ácido fólico prejudicado. Indivíduos com mutação (ões) genética (s) MTHFR não podem converter eficientemente ácido fólico em sua forma ativa (L-metilfolato) devido à sua atividade reduzida da enzima necessária para convertê-lo.5 Esta enzima é chamada metilenetetrahidrofolato redutase, ou MTHFR.

Estima-se que entre 5 e 10% da população global tenha uma mutação (variante de sequenciação do gene) que reduz a atividade da MTHFR em 70%

Problemas de saúde associados com mutações do gene MTHFR

Os resultados variam, dependendo da pessoa e sua variante genética. Algumas condições, sinais e sintomas associados a uma mutação do gene MTHFR incluem:

Ter níveis elevados de homocisteína (um fator de risco para doença cardíaca)
Níveis anormais de vitamina B12 ou B9,
Enxaqueca,
Sensibilidades nervosas,
Problemas de saúde mental,
Abortos repetidos ou gestações com defeitos do tubo neural e mais.

Como o folato é essencial durante a gravidez, criar consciência para ele é o objetivo principal da Semana Nacional de Conscientização do Ácido Fólico. Devido ao impacto significativo das mutações do gene MTHFR na saúde humana, incluindo a gravidez, talvez a conscientização para a MTHFR deva fazer parte dessa iniciativa.

Fonte: Life Extension

Share

No Comments

Post a Comment