logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00

55-11-3845-7267

Whatsapp 55-11-9833-2857

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Probióticos podem ajudar pacientes que sofrem de transtorno bipolar

Probióticos podem ajudar pacientes que sofrem de transtorno bipolar

Os probióticos – muitas vezes considerados boas bactérias – podem atuar como um possível caminho para o tratamento de transtornos bipolares e outros transtornos do humor psiquiátrico.

Atualmente, o tratamento padrão para transtorno bipolar, uma condição psiquiátrica caracterizada por mudanças drásticas de humor de depressão para mania, inclui uma combinação de psicoterapia e medicamentos prescritos, como estabilizadores do humor e antipsicóticos.

No entanto, um novo estudo do Sistema de Saúde Sheppard Pratt de Baltimore descobriu que um suplemento probiótico pode reduzir a inflamação do intestino, que é conhecido por exacerbar o transtorno bipolar.

Os organismos probióticos são bactérias não patogênicas que, quando presentes na flora intestinal, são conhecidas por melhorar a saúde geral do hospedeiro.

A pesquisa demonstrou uma forte ligação entre o trato gastrointestinal e o sistema nervoso central. Essa conexão, chamada de “eixo do cérebro do intestino” (GBA), permite a interferência entre os sistemas nervoso endócrino, imunológico e autônomo. O trato gastrointestinal também abriga o microbioma intestinal, uma população complexa de aproximadamente 100 trilhões de microrganismos que interagem com o revestimento mucoso do trato gastrointestinal.

Os pesquisadores também encontraram evidências crescentes, ligando desequilíbrios nas espécies microbianas que compõem o microbioma intestinal a uma série de problemas de saúde, incluindo alergias, distúrbios autoimunes e transtornos do humor psiquiátrico.

No geral, os resultados indicaram que alterações na inflamação intestinal podem alterar a trajetória dos transtornos do humor psiquiátrico. (ANI)

Share

No Comments

Post a Comment