Arginina no tratamento da gordura abdominal – Nutrição e Desenvolvimento
logo

Bem Vindos ao Nutrição e Desenvolvimento

Horário de Atendimento
Segunda - Sexta 09:00AM - 17:00PM
Sábado - Domingo FECHADO
NOSSA GALERIA

Seg - Sex 9.00 - 17.00

55-11-3845-7267

Whatsapp 55-11-9833-2857

R. Guarará, 529 - Cj. 58 - Jardim Paulista, São Paulo

Top

Arginina no tratamento da gordura abdominal

Fonte: Essential

Além de ser pouco atraente, a gordura localizada na barriga também tem efeitos prejudiciais sobre a saúde geral devido a sua natureza inflamatória. Essa adiposidade visceral tem sido associada a taxas mais elevadas de risco cardiometabólico que outros tipos de adiposidade. Um estudo piloto, recente, recrutou um total de 20 mulheres obesas com idades entre 18 e 40 para testar a eficácia da suplementação do aminoácido arginina como tratamento da gordura abdominal. Foram administrados três gramas de L-arginina, três vezes por dia, durante 12 semanas, bem como também foi feito aconselhamento sobre mudança de estilo de vida. As participantes toleraram bem a suplementação de arginina não apresentando efeitos secundários nocivos e a circunferência abdominal diminuiu de 115,6  para 109,2 cm (p = .0004)  e o peso reduziu de 98,6 para 95,7  em 12 semanas (p = .015). Também foram observadas reduções significativas da linha de base no índice de massa corporal (IMC) e relação entre a circunferência abdominal e o quadril (RCQ). O estudo concluiu poder ser efetivo o uso da arginina para a redução da gordura abdominal.

Comentário do Editor: O aumento da liberação do Hormônio de Crescimento (que é lipolítico, queimando mais a gordura abdominal), produção de óxido nítrico e síntese de novas mitocôndrias no tecido gorduroso são alguns dos motivos pelo qual se compreende este fantástico efeito “queimador” de gordura abdominal que a arginina tem.

Share

No Comments

Post a Comment

  • January 2018
  •